Dica de Inhotim: Yayoi Kusama e o look usado

Dica de Inhotim: Yayoi Kusama e o look usado

Inhotim é um dos lugares mais incríveis que já estive tenho incentivado todos que conheço a visitarem este museu a céu aberto incomparável com nada no mundo!

A quantidade de arte existente em Inhotim é imenso e registrei algumas que mais amei para postar aqui no blog! Mas postarei uma de cada vez, pois é muita informação.

A obra que escolhi para hoje envolve as famosas bolas de Yayoi Kusama com muita botânica!

Yayoi Kusama criou em Inhotim o Narcissus Garden, arte combinada com a obra botânica de Gabriel Neri, influenciada por Burle Marx.

E todos sabemos que Narciso acha feio o que não é espelho…

Narcissus Garden em Inhotim, é datado de 2009. Em resumo, tratam-se de centenas de bolas prateadas, que ficam na superfície da águe ae podem ser movidas conforme a ação dos ventos. A obra é uma versão da escultura que Yayoi fez em 1966 para a Bienal de Veneza.

Agora, a obra através das minhas lentes (ou clicada ou “produzida” por mim!):

inhotim o que fazer viagem

inhotim bloginhotim o que fazerinhotim artistasdica de viagem inhotim dica de inhotim botânica inhotimdicas inhotimEle e eu. Créditos das 2 primeiras fotos para Tatá Lazzuri!

Gostaram?

Look: regata Osklen, shorts Zara, Tênis Osklen, Óculos Ray Ban e Bolsa Balenciaga.

 Para mais posts sobre Inhotim, clique aqui! 

bj bj

Rê Nunes

Compartilhe
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email

Pachacamac: dica de viagem ao Peru

Pachacamac: dica de viagem ao Peru

Vocês já chegaram num lugar e ficaram encantados com as cores?

Pois bem, uma das minhas experiências durante a viagem ao Perú foi com as cores que encontrei por lá! Em cada pôr-do-sol, cada prato de comida e cada estampa das roupas, as cores do Perú apresentaram-se como únicas!

Bem, no Santuário Pachacamac não foi diferente! Um lugar que estava ansiosa para conhecer em razão dos fatos históricos que aconteceram por lá, mas que acabou realmente me encantando pelas cores, texturas e possibilidades de fotografar.

Assim, neste post sobre Pachacamac falarei um pouco sobre a história deste lugar incrível que nos ensinou muito sobre os povos que habitaram o Peru, desde os Limas até os Incas, mas peço para que reparem nas fotografias, pois a paisagem é bem diferente do que estamos acostumados.

O Santuário de Pachacamac é um passeio que tem que fazer ao visitar Lima! O Santuário fica a mais ou menos 40 minutos da capital do Perú (não é longe, mas o trânsito de Lima é caótico, no mesmo esquema de São Paulo!), entre os vales de Lurín e Rimac.

O Santuário de Pachacamac é uma área enorme, que parece um deserto e está sendo escavada há anos. Este Santuário foi frequentado por várias culturas diferentes, como os Limas, Guaris, Ychmas e Incas, desde os anos 200 d.C. até 1533.

Este Santuário, cheio de pirâmides e com uma construção Inca, era considerado como a “igreja” mais importante da costa do Perú. Neste enorme local (disseram ter cerca de 465 hectares) havia um grande centro onde os peregrinos de todas as regiões levavam suas oferendas e consultavam-se com o Oráculo para saber sobre seu futuro.

Contaram-nos que os peregrinos chegavam ao Santuário, faziam uma espécie de jejum, tomavam um chá meio que alucinógeno e íam se consultar com Pachacamac. Eles podiam fazer 1 pergunta ao Oráculo,  mas não podiam olha-lo e a pergunta era feita de costas.

Ainda, nos disseram que o significado de Pachacamac é vida na terra.

A energia do local é muito louca e só estando lá para entender! Agora um pouco de tudo isso:

pachacamac lima dicasChegamos no Santuário e a sensação foi de chegar ao deserto! Lima já é seco por natureza, nunca chove, mas a sensação no Santuário é realmente desértica.

fotografa blogA cor da areia e pedras, combinada com o sol é incrível! Uma cartela de cor limitadíssima, mas cheia de textura. Meus olhos ficaram recheados de informações incríveis.incas em limaEsta é uma das construções mais “novas” no Santuário. Trata-se de uma obra Inca, chamada Mamacona. Neste local algumas mulheres eram separadas da sociedade Inca, para casarem-se com os governantes ou serem oferecidas nos cultos.

blog de fotografia e dicas de viagemContinuamos a caminhada sentido ao Templo Del Sol.
blog de fotografia e viagemO Templo Del Sol parece também ser uma construção Inca. Trata-se de uma pirâmide com espaços onde aconteciam os rituais e encontrava-se o Deus Pachacamac.

dica de fotografia blogA grandiosidade de tudo isso é bem impressionante!

dica de viagem peruPelas lentes dos óculos…

lima dicas blogAs pessoas do Perú.guia de lima peru Um dos outros templos…pachacamac dica peruQue delícia ouvir e ouvir as histórias deste local…

pirâmides em lima peruA crença por deuses me encanta…

blog fotografia limaO Perú já sofreu muito com os abalos sismicos e ainda estão escavando a região.

dica de viagem limaTijolos encaixados são característicos dos Incas.deserto do peruO relevo ao fundo e as cidades ao entorno. dica de viagem peru limaCaminhos que foram feitos por peregrinos.
dicas de lima peruSubimos muito, mas a vista compensa tudo!
incas em lima peruAdoro as misturas na paisagem.

pachacamac dicas lima…e sobe e sobe e sobe…

dica de viagem blog peru e limaAdoro a cor da areia e das pedras.
minimalismo blogO guardião…fotografa em lima peruPeruanos…

o que fazer no peruUma ponte no meio do caminho…
dica de viagem blogOs olhos não se cansam da paisagem tão diferente…

o que fazer em lima Ao fundo o Pacífico e a famosa Cusqueña!praia em limaAs praias que visitamos são lindas…

otavio lazzuriEu e o Tatá, super parceiro, fotógrafo e companheiro para tudo.

Look: Vestido Osklen | Cinto Hermès | Óculos comprado em Barcelona | colares Antonio Bernardo | Tênis Aldo Londres

Valor da entrada no Santuário Pachacamac: S/ 10,00 (10 Soles que são quase equivalentes a R$10)

Como chegar no Santuário Pachacamac: nós fomos com o motorista da agência de turismo, acho mais confiável, mas é possível ir com taxi também! Para mais infos me encaminhe um e-mail!

Dicas preciosas para visitar o Santário Pachacamac:

- Tênis e roupa fresca, boné, etc…;
– Leve garrafa de água, pois não há nada para se comprar;
– Peça um guia local. Pagamos S/ 20,00 (R$ 20 mais ou menos) e tivemos uma super aula sobre as culturas peruanas, foi incrível!;
– Leve uma frutinha ou algo para um lanchinho, ficamos no Santuário por quase 3 horas.

Gostaram? Lima além de ser a Capital Gastronômica da América do Sul, ainda tem muita cultura para nos oferecer! Eu recomendo esta viagem.

Qualquer dúvida ou dica, me encaminhe um e-mail no renunes01@gmail.com.

bj bj

Rê Nunes

Compartilhe
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email

Segunda Saúde!

Segunda Saúde!

dica de corrida fora do país

E a semana começa, juntamente com a nova dieta, novas práticas e novas promessas!

Eu sou do tipo de pessoa que vive em constante mudança e ama experimentar o novo, acreditando sempre na evolução.  Assim, quando o assunto é cuidar da saúde sigo este mesmo pensamento!

Não sou fã de dietas da moda, mas isso não significa que não pesquiso para conhecer o assunto e ver se alguns dos benefícios prometidos ou dicas se enquadram nos meus objetivos!

Sou aquela amiga chata que controla a vida alimentar de quem está a minha volta! Não sou profissional da nutrição e nem passo perto disso, mas quando veja alguém que gosto comendo batata-frita, sou a primeira a dar bronca!

Por outro lado, sou empresária fitness, vendo equipamentos como esteiras, bikes, etc. e tenho notado que o fitness deixou de ser uma opção, para virar regra na vida da maioria das pessoas! Todos já entendemos que “precisamos” praticar alguma atividade física, nem que seja 20 minutos caminhando na esteira de casa mesmo.

Quanto ao meu corpo, gosto de ser magrinha, gostaria de secar uns dois quilinhos, mas acima de tudo, quero conseguir me alimentar apenas do que faz bem, deixando de lado as calorias vazias ou alimentos prejudiciais! Notei que práticas alimentares saudáveis já estão deixando minha pele com vida, humor melhor e disposição, amo isso!

A corrida na minha vida é necessidade, mas dosada! É tipo um remédio, sabe? A endorfina me faz um bem mágico. Hoje já não sou mais adepta ao excesso. Já fui quase uma maratonista e alucinada por volume nos treinos, mas mudei e amo correr meus 7 km quase que diários. Com os treinos curtos sinto-me mais feliz e acho que não forço meu corpo. Pratico corrida em qualquer lugar e amo conhecer novos lugares fazendo um treininho, como fiz em Lima:

Processed with VSCOcam with 8 presetpraia de Miraflores, Costa Verde

Tenho lido muito sobre os benefícios dos alimentos crus e funcionais, sobre as trocas saudáveis e perdendo o medo de alguns carboidratos, como das frutas que são tão importantes para a nossa vida, mas alguns nutricionistas esportistas ainda pregam que não são legais!

Já faz um tempo que troquei o chocolate (ok, ainda dou umas escapadas) e os doces industrializados por doces feitos com frutas, como por exemplo meu sagrado sorvetinho ou picolé feito em casa com combinações como banana, blueberry, amaranto, limão siciliano e amêndoas, que servi num jantar sábado e foi sucesso, amei!

Agora o porquê estou falando tudo isso:  quero incentivar que cada uma procure os hábitos e costumes que acreditam lhe fazer bem, tomando cuidando com bizarrices que temos vistos em Instragram ou Facebook da vida. Eu tenho ficado assustada com o nível das postagens e os conselhos ou prescrições que as pessoas, muitas vezes sem nenhuma formação tem feito por lá! Chegam clientes na loja querendo comprar cada coisa, que vocês não fazem ideia, só porque a bonitona do Instagram postou, isso é tão sério.

Ok, passar uma receitinha saudável, com alimentos da natureza, just for fun, como opção de sobremesa e tal, mas dizer como, quanto e o que comer, sem ser nutricionista e fora de uma consulta, é perigoso demais!

Vamos dosar as dicas, os conselhos e viver nossa própria realidade! Digo isso pois é claro que a vida não pode ser feita de malhação o dia todo, nem de compras compulsivas, de tratamento estéticos, nem de whey e frango! Tudo tem que ter uma medida certa! Tenho conhecidas que estão perdendo o controle, gastando em excesso porque querem ter a roupa da blogueiras x, todas as maquiagens da y ou o corpo da z! Pára gente, a vida vai muito além disso.

Está na hora de reencontrarmos aqueles antigos valores, como os adquiridos quando estudamos, viajamos, conhecemos pessoas, observamos coisas bonitas e interessantes, conhecemos a arte em todas as suas formas, alimentando a mente, cuidando do interior, para depois partir para a busca do exterior perfeito! 1 hora de exercício por dia é super suficiente para ter uma ótima saúde e forma impecável, entretanto, 3 horas já começam a ser sinal de que algo está errado, a não ser que trate-se de um esportista profissional!

A comida saudável não pode deixar de ter sabor, afinal além de tudo a comida é “socializante”! Tem coisa melhor do que sair par jantar com amigos sem neuras? O whey é importante, eu mesma tomo, mas é um complementou e não o prato principal…!

O SER precisa voltar ser mais importante que o TER! E o viver de verdade, muito mais importante do que o MOSTRAR!

Vamos encontrar pessoas que nos acrescentem coisas boas, medindo o que cabe para nossa realidade! O lifestyle de outras pessoas deve servir de inspiração e não de objetivo de vida!

Cuidar da saúde, respeitar princípios da boa convivência, amar o próximo é a base; trabalhar direito e ganhar dinheiro é essencial; estudar e expandir os conhecimentos é necessário; ter um hobby é fundamental; 30 minutos a 1 hora por dia de treino é mais que suficiente e o resto a gente corre atras, pois a vida é muito ótima!

Para finalizar aproveito para recomendar o livro da Bela Gil de receitas! Acredito que vocês já devam conhecer a Bela Gil, do programa Bela Cozinha na GNT? Quem não conhece clique aqui para ver o site dela que é show! Ela é minha super inspiração e estou viciada em ler suas matérias e assistir a seus programas tem me despertado para um novo olhar sobre os alimentos. Tenho adotado práticas muito mais saudáveis com as dicas da Bela e estou lendo muito sobre o que ela recomenda!

bela cozinha livro comprar

Por último, aproveito para fazer uma “publicidade saudável”: Quem quiser indicação para consultar-se com profissionais sérios, envolvidos com saúde e esporte, entre em contato no meu e-mail renunes01@gmail.com que adorarei recomendá-los! Eu faço parte de um grupo de empresas, no qual contamos com a Fit 3 que é um super Centro de Treinamento individualizado em Santo André, com os melhores personais, especialistas em treinamento funcional, professores de pilates, fisioterapeutas, nutricionista e coach e; ainda, com a Casa do Fitness, loja que oferece consultores fitness que analisam caso a caso o interesse do cliente, recomendando o que há de melhor no mundo fitness!

É isso, vamos cuidar da saúde, do corpo e principalmente da mente! Afinal os excessos nunca são bacanas!

bj bj

Rê Nunes

Compartilhe
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email

Meu destino no Carnaval 2015: Lima, Perú!

Meu destino no Carnaval 2015: Lima, Perú!

dica de lima blogOlá gente!

E o meu “carnaval gastronômico” chegou ao fim e já deixou saudades… ô dias gostosos em Lima, no Peru!

Bem, começarei este primeiro post sobre Lima explicando um pouco como fui parar lá!

Conforme já comentei, eu amo dar uma escapada no carnaval, entretanto, desta vez, eu tive que trabalhar hoje, quarta-feira de cinzas, e por isso não pude curtir a semana fora. Para conseguir fazer uma viagem legal, consegui me organizar para ficar fora de sexta à terça, mas o tempo era exíguo e viajar para muito distante não ira rolar!

Definidos os dias de viagem, comecei a procurar o destino. Explico que um dos objetivos da minha vida é conhecer no mínimo 60 países (ultrapassar 1/3 do mundo) e queria chegar ao 20º neste carnaval. Com este foco comecei a pesquisar os países mais próximos que ainda não havia visitado. Pois bem, após horas e horas de pesquisa, combinada com uma boa conversa com uma amiga que conhece praticamente o mundo todo, não tive a menor dúvida, era hora de partir para o Peru!

Obviamente, o primeiro lugar desejo foi Cusco e Machu Picchu, que logo foram descartados, afinal, tinha apenas 5 dias (pouco tempo) e a temperatura nesta época do ano por lá não é das mais seguras.

Em decorrência de tudo isso comecei a estudar sobre Lima e fui me encantando pela história da capital do Peru. Eu nem imaginava a riqueza cultural, arquitetônica e claro, gastronômica que iria encontrar por lá!

Cidade decidida, não tive a menor dúvida, queria me hospedar em Miraflores, um bairro mágico e praiano em Lima e acertei em cheio, foi perfeito. Quanto ao hotel, resolvi hão arriscar e escolhi um Hilton, que nunca tem erro.

Infelizmente, nem toda a cidade de Lima é tão mágica e maravilhosa como mostrarei aqui no blog. Para hospedar e curtir tem que hospedar em Miraflores, que é segura, de fácil acesso a todos os lugares maravilhosos e tem de tudo.

Agora, um pouco de Lima, de look e de informações:

limaperuoquefazerAmo bandeiras e brasões!

1. Como chegar em Lima? Viajamos de TAM, num voo direto super tranquilo. O voo dura cerca de 4:30. O look sempre confortável:

Processed with VSCOcam with e7 presetjeans Diesel | camiseta masculina cortada comprada no MOMA – NY | boot Carmim | Óculos comprado em lojinha em Barcelona | Acessórios Antonio Bernardo.

o que fazer em lima dicas de viagem

2. Do aeroporto até Miraflores: O trânsito em Lima é estilo São Paulo, mas com um agravante: muitas buzinas! Eles buzinam por tudo, mega barulhenta! Do aeroporto até Miraflores demoramos cerca de 30 minutos e eu aconselho já fechar o transfer daqui do Brasil. A agência já fechou o pacote completo.

3. Primeira refeição na cidade: Larcomar! Eu recomendo chegar à Lima e já partir para o Larcomar. Eu não sou uma fã de shopping, muito menos durante as viagens, mas este é muito especial! O Larcomar é um shopping aberto, com algumas lojas, muitos restaurantes e até um mercado bem legal, para abastecer o quarto do hotel com frutas, água e muito mais! Reparem no visual do Larcomar:

dica de viagem Lima PeruImagina como ficamos impressionados com este visual!

o que fazer em limaSobre o primeiro restaurante na cidade falarei no próximo post! dicas de viagem blog limaLook: vestido Osklen | Bolsa Chanel | Tênis Aldo Londres
o que fazer no peru limaMiraflores tem este visual, é incrível!dica o que fazer em limaRealmente único…
peru lima dicasOs restaurantes tem esta vista para o mar…
o que fazer no peruA Costa Verde, nome desta região de praias, é sensacional!
o que fazer em lima dicasRestaurantes e barezinhos por todos os lados…dicas de viagem lima peruPraia de surfistas, de todas as gerações! peru dicas blogBeirando a praia, clubes com piscinas bem bacanas.
dica de viagem américa do sul blogMiraflores é muito bem cuidado…

frases para paredeDetalhes que encantam… Quero uma parede assim!

dica de viagem peruFotos de pessoas! Eu amo fotos de pessoas e aproveitei estas férias para executar este tipo de registro! Ainda tenho um pouco de vergonha de mirar e até interagir com as pessoas, mas já consegui uns registros bem diferentes!

Lima é linda e tem que ir!

Agora mais umas informações importantes:

4. TAXI, negocie sempre: os taxistas não possuem nem taxímetro, nem GPS, por isso negocie o valor da corrida antes de entrar no Taxi, evitando qualquer surpresa desagradável!

5. Que dinheiro levar à Lima: o dinheiro oficial de Lima é o Nuevo Sol, também chamado de Soles, entretanto todos os estabelecimentos aceitam dólares. Nós levamos dólares, trocamos algum no aeroporto mesmo e usamos a grande maioria em dólar. Atualmente o Nuevo Sol é quase 1 para 1 comparado ao Real.

6. Temperatura: em Lima nunca chove! Ouvimos isso o tempo todo por lá! Existem escadas rolantes a céu aberto, não tem guia para correr a água e até os telhados são diferentes. A cidade é realmente seca e nesta época a temperatura é muito agradável! Estava calor, mas a noite usei blusa leve todos os dias.

7. Dica de Hospedagem em Lima: me hospedei e recomendo muito o Hilton Miraflores. Em regra eu procuro hospedar-me em hotéis boutiques ou hotéis diferentes, que fogem do padrão, entretanto em Lima não quis arriscar e foi ótimo, o Hilton é bem localizado e o roof top com uma piscina incrível vale bem à pena!

E então, gostaram do primeiro post sobre Lima? Mais dicas em breve!

bj bj e se gostou, compartilhe!

Rê Nunes

Compartilhe
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email